30 outubro 2008


Coisas

E o que são as coisas, o que são?
Não são nada além do que são
E o são então e o que somos
E somos o que são e misturamos

E a pedra, ela é esta e isto apenas
Não o é a grande mais que as pequenas
E a coisa é mais pedra que a palavra
E a palavra não é pedra se calada

Mas as coisas são coisas ainda no silêncio
Mas a palavra não é coisa, não importa o intento
E isto tudo não é nada, não existe

Somos, agora, coisas, assim vivendo
E o rio é pura água, assim bebendo
E a coisa não é nada, a coisa é triste.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. QUE "COISA" LINDA!!! Ops
    Que linda criatividade, evolução bastante nítida amigo!!!

    Vc vai ser um dos CARAS!
    Vc é o CARA!!!

    ResponderExcluir